Mundo do calcário está triste: falece Fernando Becker

O segmento do calcário agrícola brasileiro está de luto. Faleceu nesta quarta-feira (04/05), o engenheiro agrônomo Fernando Carlos Becker, diretor da Abracal e do Sindicato do Calcário do Rio Grande do Sul (Sindicalc). Ele tinha 87 anos de idade.

No dia 24 de maio, comemora-se o Dia Nacional do Calcário Agrícola. Em 2011, uma lei aprovada pelo Congresso Nacional definiu a data, após indicação da Abracal ao então deputado federal e hoje senador Luiz Carlos Heinze (PP-RS).

Esse também é o dia de nascimento de Becker. A homenagem leva em conta sua intensa participação no trabalho de divulgação do uso do corretivo de solo na agricultura nacional.

“Perdemos um grande companheiro. Que Deus dê conforto a todos seus familiares”, disse o presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Calcário Agrícola (Abracal), João Bellato Júnior. Becker deixa a esposa a sua esposa, Vera Maria Hemb, e três filhos.

Sua atuação junto às entidades empresariais e lideranças políticas foi fundamental para a valorização do uso do calcário. O corretivo é fundamental para terras com elevada acidez, situação que ocorre em boa parte do Brasil. Na década de 1990, ajudou na elaboração de um estudo que auxiliou o governo federal a adotar práticas que elevaram a produtividade do agronegócio brasileiro.

Becker também teve intensa atividade comunitária no Rio Grande do Sul. Foi presidente da Associação Beneficente e Educacional de 1858 (ABE 1858), em Porto Alegre. Segundo nota da ABE, ele integrou ainda o Clube Excursionista Serra do Mar (CESM), que tinha o objetivo de conhecer o Rio Grande do Sul por meio de excursões a cachoeiras, morros, praias e cavernas.

O velório e cerimônia fúnebre do Fernando Carlos Becker serão no dia 5 de maio, das 7h às 17h00, no Cemitério São Miguel e Almas, em Porto Alegre.

Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.