No Dia do Calcário, sindicatos estaduais debatem dosagem correta

O Dia Nacional do Calcário Agrícola apresentou uma intensa movimentação dos sindicatos estaduais associados da Abracal. Além da divulgação entre os produtores rurais, o debate levou em conta a dosagem correta do corretivo, tendo em vista as mudanças ocorridas na cadeia produtiva do agronegócio e a instabilidade climática – como geadas e estresse hídrico.

A Abracal realizou uma série de ações – confira aqui.

Agora, veja como foi a movimentação nos estados.

Paraná faz evento

O Paraná realizou um evento na sede da Federação das Indústrias do Estado, a Fiep, com organização do Sindicato das Indústrias de Extração de Mármores, Calcários e Pedreiras no Estado do Paraná (Sindemcap).

Empresários e produtores rurais puderam ouvir a avaliação de quatro professores universitários, também pesquisadores, a respeito dos formatos de aplicação do corretivo. Assista ao evento – clique aqui.

A estimativa no Paraná é que a aplicação deveria estar na casa dos 8 milhões de toneladas anuais. Hoje, chega a 6 milhões, segundo Cláudio Grochowicz, que coordena o segmento mineral na FIEP.

Clique aqui e acesse as apresentações realizadas no evento em Curitiba, que também apontaram a calagem como prática que incentiva uma produção mais sustentável.

A imagem que ilustra esse post é do seminário no Paraná.

Bahia de olho no cerrado

Já o Sindicato da Indústria de Mineração de Calcário, Cal e Gesso da Bahia (Sindical-BA) apontou a importância da calagem para a produtividade em áreas de cerrado.

O presidente do sindicato, Sérgio Pedreira, apontou que, sem a melhoria na qualidade do solo, as fronteiras agrícolas na região não poderiam contribuir ao esforço brasileiro de alimentar 800 milhões de pessoas no país e no mundo.

O Sindical da Bahia divulgou vídeo que detalha a importância da calagem – clique aqui.

São Paulo: suporte ao desenvolvimento

São Paulo reforçou a importância do calcário como parceiro do desenvolvimento do estado. Presidente do Sindical paulista e também da Abracal, João Bellato Júnior ressaltou, em texto no site da entidade, que o avanço nos resultados das exportações do agronegócio do estado se deu também pela correção da acidez do solo.

O Sindical paulista fez um vídeo para reforçar esse posicionamento. Assista aqui

Minas destaca análise de solo

A análise de solo é uma parceira do calcário. As recomendações técnicas de aplicação se baseiam no resultado dessa análise, informou o Sindac, de Minas Gerais.

O sindicato mantém um programa de certificação de laboratórios, em busca de resultados mais assertivos. As ações ocorreram junto aos associados e por meio das redes sociais do Sindac.

Goiás: calcário é imprescindível

O Sincal tem como base os estados de Goiás, Tocantins e Distrito Federal. Nilo Bernardino Gomes, presidente do sindicato estadual, lembrou que os produtores de calcário ofertam ao mercado um insumo imprescindível para a produção de alimentos.

O corretivo agrícola ajuda o país a se tornar o celeiro do mundo, declarou Nilo.

Rio Grande do Sul: homenagem

A estocagem do calcário pode ser feita dentro de condições específicas, sem que o produto perca eficiência na aplicação. Assim, o agricultor encontra maior facilidade no acesso ao insumo, não importando a demanda – naquele momento – do mercado.

A mensagem foi passada pelo Sindicalc, que representa a indústria de calcário no estado do Rio Grande do Sul. Vídeos com orientações e peças publicitárias constaram do material utilizado na data especial.

Ainda houve uma homenagem ao ex-diretor da Abracal e do Sindicalc, Fernando Carlos Becker, que faleceu no início do mês de maio. A instituição do Dia do Calcário em 24 de maio faz referência à data de nascimento de Becker.

Mato Grosso: recomendações revistas

O estado do Mato Grosso também tem discutido formas de revisão da dosagem de calcário. O Sinecal, que representa as empresas do setor no estado, tem reunido industriais, pesquisadores e agricultores para avaliar as recomendações de aplicação.

O avanço das culturas no estado e as mudanças climáticas levam à revisão. O campo de atuação inclui as pastagens. O trabalho tem feito conexão com universidades no estado.

Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.